Síndrome do pensamento acelerado

Pensamentos acelerados são padrões de pensamento rápidos e repetitivos sobre um tópico específico. Pode acontecer com qualquer pessoa, a incapacidade de se concentrar no trabalho, pânico no trânsito ou pensamentos muito dispersos ou ocupados para nos deixar adormecer. Mas para outros, pensamentos acelerados constantes podem se tornar uma parte desconfortável, mas consistente, da vida cotidiana. E os profissionais de saúde mental podem ajudar as pessoas a saber a diferença.

Segundo especialistas, períodos ocasionais de pensamentos acelerados não são motivo de preocupação, pois podem estar relacionados a uma preocupação razoável. Mas às vezes é necessário um diagnóstico legítimo. Pensamentos acelerados são geralmente associados a transtornos de ansiedade, ataques de pânico, TOC, bem como ao transtorno bipolar e deve ser avaliado por um profissional. Independentemente de como se sente em relação a esses transtornos, você merece cuidar de sua saúde mental e ser capaz de detectar sintomas potencialmente preocupantes.

Algumas maneiras de saber se seus pensamentos acelerados são realmente um problema de saúde mental.

Falta de concentração: pode acontecer de vez em quando, mas se isso se tornou uma luta constante para você, é possível que você esteja lidando com um problema mais profundo do que uma resposta ao estresse.

A dificuldade em prestar atenção, organizar e concluir tarefas, quando começa a ser constante e a atrapalhar o dia a dia é sinal de alerta. Ser capaz de se concentrar é importante para muitos aspectos da vida, e a ajuda profissional pode ajudá-lo a se recuperar a esse respeito.

Quando os pensamentos estão atrapalhando o sono: se seus pensamentos estão arruinando completamente suas chances de estar bem descansado, os especialistas concordam que é hora de procurar ajuda. Algumas pessoas com transtornos de ansiedade têm dificuldade em adormecer devido à dificuldade de ´desligar o cérebro´. Um terapeuta ou outro profissional da área pode ajudá-lo a lidar com isso e ensinar algumas maneiras para dormir mais facilmente.

Vale a pena notar que, se seus pensamentos incessantes à noite estiverem associados a temas ou imagens particularmente sombrios, é ainda mais urgente procurar ajuda.

Se os pensamentos vierem com outros sintomas: Na maioria das vezes, os sintomas das condições de saúde mental não existem por conta própria. Portanto, preste atenção ao corpo e a mente e fique de olho se  também está experimentando sintomas físicos ou outras mudanças de humor, pensamentos ou comportamento. Dores de estômago inexplicáveis, aumento ou falta de apetite, dores de cabeça, exaustão ou alterações no seu ciclo de sono (podem ocorrer concomitantemente), esta pode ser uma dica do seu corpo de que algo está errado emocionalmente. Terapia ou aconselhamento podem ajudá-lo a desenvolver habilidades de enfrentamento que, por sua vez, podem atenuar seus sintomas físicos.

Existem outros sintomas de humor a serem observados também. Verifique com um profissional se os pensamentos acelerados estão associados a outros sintomas preocupantes, como diminuição da necessidade de sono, aumento de energia ou envolvimento em comportamentos de risco. Esses não são os únicos sintomas possíveis que podem acompanhar os pensamentos acelerados, mas são particularmente importantes para ficar de olho.

Maneiras de melhorar e assumir o controle dos pensamentos

A parte difícil é que quanto mais você experimenta pensamentos acelerados, mais fortes eles se tornam. E isso pode definitivamente fazer você se sentir fora de controle. Por isso, é importante encontrar maneiras de acalmar sua mente ou limpar os pensamentos. Aqui estão algumas maneiras que você pode trabalhar para parar os pensamentos acelerados.

Concentre-se no presente:  uma mente hiperativa está constantemente pensando no passado ou no futuro. Retornar seu foco ao presente o ajudará a aceitar e deixar de lado o que você não pode controlar. Isso também o ajudará a perceber que você não pode mudar o passado e que o futuro ainda não aconteceu, então é uma perda de tempo ficar pensando neles. (Isso não significa que você não saiba o que aconteceu no passado ou o que está prestes a acontecer no futuro.) Tente respirar fundo e se perguntar como está se sentindo agora.

Respire:  Isso muda a resposta de luta ou fuga do sistema nervoso simpático para a resposta relaxada do sistema nervoso parassimpático. Tente contar até três ao inspirar e até cinco ao expirar. Preste atenção apenas à sua respiração enquanto tenta desacelerá-la. Sua mente divagar, mas apenas traga-a de volta à sua respiração.

Use um mantra:  Um mantra é apenas uma frase ou palavra simples que você repete para acalmar sua mente. A pesquisa mostrou que repetir um mantra reduz a atividade na parte do cérebro responsável pelo autojulgamento e reflexão. Esta é a parte do cérebro que passa tanto tempo relembrando o passado e se preocupando com o futuro.

Pode-se usar qualquer palavra, som ou dizer o que quiser. Pode tentar algo como “om”, “A vida é boa” ou “Tudo está bem”. Repita a frase várias vezes, concentrando seus pensamentos apenas em seu mantra. Se sua mente divagar, retorne ao seu mantra. Você pode praticar isso quase a qualquer hora, mesmo indo ao supermercado ou no caminho para casa do trabalho.

Anote as coisas:  Colocar as preocupações no papel pode ser muito útil porque permite que se volte a elas mais tarde. Além disso, o ato de escrever envolve a mente e reduz o poder de pensamentos acelerados. Quando os pensamentos estão em sua mente, eles parecem caóticos. Colocá-los no papel os organiza. Depois de dedicar alguns minutos para organizar seus pensamentos no papel ou na tela, sua mente ficará mais calma. Se quiser, reserve um tempo para pensar neles antes de fazer uma pausa e voltar a eles mais tarde.

Importante:

Seja qual for a ferramenta que você estiver usando, será necessário praticar regularmente por um longo período de tempo para ver os resultados. Infelizmente, muitas pessoas esperam que os efeitos sejam imediatos e abandonam a prática cedo demais. Seja consistente e paciente. Leva tempo para desenvolver novos hábitos.

Se mesmo assim achar que não consegue controlar seus pensamentos acelerados, considere consultar um profissional de saúde mental. Existem tratamentos como a psicoterapia, medicação ou uma combinação dos dois que podem ajudar.

Compartilhe:

Categorias

Edit Template

Sobre Nós

Desvendando os Mistérios Esotéricos

Bem-vindo ao nosso blog dedicado ao mundo fascinante e misterioso do esoterismo! Somos um grupo de entusiastas apaixonados por todas as vertentes do esoterismo, e nosso objetivo é compartilhar conhecimentos, insights e experiências para ajudá-lo a explorar esse universo enigmático.

Posts Recentes

  • All Post
  • Estilo de vida
  • Estilo de vida
  • Multidimencionais
  • Pedras e Cristais
  • Saúde
  • Terapias

Acompanhe-nos

urimtumim © 2023 todos os direitos reservados