Psoríase

A psoríase é uma condição autoimune e crônica da pele que causa coceira e desconforto. A psoríase em placas é o tipo mais comum. Causa áreas espessas, manchas vermelhas e escamosas na pele. Apesar de não haver cura, o tratamento dela pode manter seus sintomas sob controle. O médico pode prescrever cremes ou pomadas especiais para amenizar.

Um sinal precoce são pequenos inchaços. As saliências crescem e as escamas se formam no topo.

O que causa a psoríase?

Quando o sistema imunológico é super-reativo pode criar uma inflamação na pele causando psoríase.

Quando se tem psoríase, o sistema imunológico deve destruir invasores estrangeiros, como bactérias, para mantê-lo saudável e evitar que fique doente. Contudo pode acontecer do sistema imune confundir células saudáveis ​​com invasores estranhos. Consequentemente, o corpo cria inflamação ou inchaço, que se vê na superfície da pele como placas.

Geralmente, leva até 30 dias para as novas células da pele crescer e substituir as células da pele antigas. Além disso, a velocidade das novas células substituindo as células velhas cria escamas e descamação frequente da pele em cima das placas da pele.

E também pode haver um componente genético porque os pais biológicos podem passar a condição para seus filhos.

A psoríase é contagiosa?

Não, a psoríase não é contagiosa. Não se contrai entrando em contato com a erupção cutânea de outra pessoa.

Como a psoríase é diagnosticada?

Um profissional de saúde ou um dermatologista pode diagnosticar após um exame físico para examinar a pele. Assim, eles farão perguntas que podem incluir:

  • Você tem histórico de problemas de pele em sua família biológica?
  • Quando você notou os primeiros sintomas?
  • Esta é a primeira vez que você teve um problema em sua pele?
  • Que tipos de sabonetes e xampus você usa?

Apesar de o aparecimento de uma placa na pele poder levar ao diagnóstico de psoríase, os sintomas podem estar relacionados a outras condições de pele semelhantes, portanto, seu médico pode oferecer um teste de biópsia para confirmar seu diagnóstico. Assim, durante este teste, o médico remove uma pequena amostra de tecido da placa da pele e a examina no microscópio.

Tratamento

O tratamento para a psoríase geralmente ajuda a manter a condição sob controle. Eles são determinados pelo tipo e gravidade da psoríase e pela área da pele afetada. Outro ponto chave é que o médico provavelmente começará com um tratamento leve, como cremes tópicos aplicados na pele, e depois passará para tratamentos mais fortes, se necessário. 

Uma ampla gama de tratamentos está disponível para a psoríase, mas identificar o mais eficaz pode ser difícil. Então, fale com o médico se sentir que um tratamento não está funcionando ou se tiver efeitos colaterais desconfortáveis.

Pode-se dividir o tratamento em 3 categorias:

  • tópico – cremes e pomadas aplicados na pele
  • fototerapia – a pele é exposta a certos tipos de luz ultravioleta
  • sistêmico – medicamentos orais e injetáveis que funcionam em todo o corpo

Diferentes tipos de tratamento são frequentemente usados ​​em combinação. O tratamento para a psoríase pode precisar ser revisto regularmente. 

  • Emolientes  —  A hidratação e os emolientes são complementos valiosos e baratos para o tratamento da psoríase. Manter a pele psoriática macia e úmida minimiza os sintomas de coceira e sensibilidade. Além disso, manter a hidratação adequada da pele pode ajudar a prevenir irritação. As mais eficazes são pomadas como vaselina ou cremes espessos, principalmente quando aplicadas imediatamente após um banho. Na prática, no entanto, o hidratante que o paciente achar mais gostar pode ser a melhor escolha.
  • Corticosteróides –  Os corticosteróides tópicos continuam sendo a base do tratamento tópico da psoríase, apesar do desenvolvimento de novos agentes. O mecanismo de ação dos corticosteróides na psoríase não é totalmente compreendido. Os corticóides exercem ações anti-inflamatórias, antiproliferativas e imunossupressoras. Na prática, a eficácia/potência de um corticosteróide tópico depende de muitos fatores, incluindo local de aplicação, espessura da placa e a adesão .
  • Luz ultravioleta – A irradiação ultravioleta (UV) é reconhecida há muito tempo como benéfica para o controle de lesões de pele psoriáticas. A radiação UV pode atuar por meio de efeitos antiproliferativos (retardando a queratinização) e anti-inflamatórios.
  • Terapia sistêmica – Uma variedade de medicamentos sistêmicos são usados ​​para o tratamento da psoríase, particularmente para pacientes com mais de 5% de envolvimento da superfície corporal ou doença menos extensa, mas debilitante.

Nota-se que, as opções para terapia sistêmica incluem drogas imunossupressoras ou imunomoduladoras, e agentes biológicos. Os retinóides sistêmicos, que melhoram a psoríase por meio de efeitos na proliferação e diferenciação epidérmica, bem como na imunomodulação, também são usados ​​para o tratamento dessa condição.

Importante lembrar:

Se os sintomas forem particularmente graves ou não responderem bem ao tratamento, o médico poderá encaminhá-lo para um especialista em pele (dermatologista). Inquestionavelmente, o importante é sempre buscar a orientação de um profissional.

Compartilhe:

Categorias

Edit Template

Sobre Nós

Desvendando os Mistérios Esotéricos

Bem-vindo ao nosso blog dedicado ao mundo fascinante e misterioso do esoterismo! Somos um grupo de entusiastas apaixonados por todas as vertentes do esoterismo, e nosso objetivo é compartilhar conhecimentos, insights e experiências para ajudá-lo a explorar esse universo enigmático.

Posts Recentes

  • All Post
  • Estilo de vida
  • Estilo de vida
  • Multidimencionais
  • Pedras e Cristais
  • Saúde
  • Terapias

Acompanhe-nos

urimtumim © 2023 todos os direitos reservados